Conselheiro de Estado Jeremias Pondeca morto a tiros em Maputo


Nas primeiras horas de sábado, 08/10/2016, na zona da Marginal, próximo ao complexo comercial Game na cidade de Maputo, Jeremias Pondeca, membro sénior da Renamo, ex-delegado político do partido na cidade de Maputo, membro do Conselho de Estado e da delegação da perdiz no diálogo político tendente a resgatar a paz que decorre em sede da comissão. Falando à nossa reportagem, o deputado da Assembleia da República José Manteigas confirmou o assassinato brutal e misterioso do colega mas sem entretanto, revelar as causas e os prováveis autores. “Temos que dar tempo ao tempo e deixar a polícia trabalhar. Além disso, o partido está a preparar um comunicado oficial que será distribuído por toda a imprensa mas adianto dizer que sim, ele foi morto com três tiros, dois na cabeça e um no abdómen. Desconhecemos as motivações nem as pessoas, por isso, não faço nenhuma ligação com nada”, disse Manteiga.

Entretanto, o deputado Manteiga que reconheceu o corpo juntamente com a família do malogrado, disse ao Savana na tarde de domingo que Jeremias Pondeca teria sido executado na manhã de sábado passado no período entre as 5h e 7h na avenida da marginal em Maputo, numa rampa construída no parque de estacionamento de viaturas localizado a frente do super mercado Game. Neste parque, há muitas árvores do tipo casuarinas.

Na altura, acrescenta o nosso entrevistado, o político encontrava-se a fazer a sua habitual ginástica matinal. “Como era de rotina, ele saia de casa por volta das 5h da manhã, estacionava o carro a frente do antigo mercado do peixe e caminhava até ao restaurante Costa do Sol e às vezes, até à zona do novo mercado do peixe”, relatou José Manteigas. Ao longo do percurso, prosseguiu, “a vítima teria sido raptada por um grupo de desconhecidos, meteram-lhe numa viatura ligeira e depois assassinaram-lhe com recurso a arma de fogo”. No local assim como no novo mercado do peixe a nossa reportagem apurou que Pondeca era uma pessoa amiga de todos, não se envolvia em conflito com ninguém. “Ele vinha habitualmente sozinho nas noites aqui no mercado. Deixava o carro lá a frente da casa do Presidente do Conselho Municipal de Maputo, e depois apanhava chapa até aqui. Na hora de saída, fazia o mesmo trajecto. Por isso, achamos estranho o que aconteceu, assim como o facto de a polícia não ter lhe reconhecido”, disseram os vendedores do mercado do peixe.
Conselheiro de Estado Jeremias Pondeca morto a tiros em Maputo Conselheiro de Estado Jeremias Pondeca morto a tiros em Maputo Reviewed by Redacção on 7:25:00 AM Rating: 5
Powered by Blogger.